//
você está lendo...
Dicas

Delaware Children Museum

Crianças de férias… Um dia em casa para se recuperarem da viagem foi mais do que suficiente para montar a programação do resto da semana.

Há muitos programas para fazer com crianças por aqui, mas eu sou super fã do Delaware Children Museum. Coringa, não tem erro.

Existem alguns espaços definidos com atividades que não mudam: Stratosphere (uma estrutura de 30 pés para escalar), Structures (toda a parte de construção e engenharia), Bank on Me (jogos e atividades que falam sobre dinheiro), Power of Me (corpo humano e alimentação), ECOnnet (energia limpa e meio ambiente), Training Wheels (carros e trens) e Studio D (pintura, escultura e expressões artísitica).

Além dessas, o DCM traz sempre novas “exposições” e atividades, sejam ligadas a algum tema da atualidade ou algo que tenha a ver com a proposta do museu.

Duas coisas bastante americanas – e muito positivas – me chamaram atenção desde a primeira vez que fui. São básicas mas não me conformo como não é comum no Brasil. A primeira é referente aos patrocínios. Cada empresa patrocina ma área relacionada com seu negócio. Uma plaquinha na entrada, uma plaquinha no espaço e logo no site. Simples e sem grandes interferências. A outra, membership. Diversos lugares têm a opção de tornar-se sócio. Em geral com três visitas ao lugar já vale a pena ter o membership. No caso do DCM, vale muito a pena. Nas férias, feriados, fim de semana ou se tá muito calor ou muito frio, lá é o destino.

Claro que a cafeteria deixa muito a desejar. Poucas opções tanto para as crianças quanto para os adultos. Os clássicos hot-dog, chicken fingers e pizza são a única opção aliados a uma opção salada e sanduíches. Como alternativa, existem dois restaurantes ao lado. O Joe’s Crab Shack (comida ok mas serviço péssimo) e a cervejaria Iron Hill (ótimo ainda que o foco não seja os pequenos).

Não tem erro: The Big Yellow Building in Riverfront Wilmington – 550 Justison Street, Wilmington, DE 19801

Anúncios

Sobre Hearts and Minds

Avessa a mudanças, tive a grata surpresa de descobrir que tudo pode mudar. Menos as coisas mais importantes da vida. Porque aquilo que não toca no coração, não fica na mente.

Discussão

Trackbacks/Pingbacks

  1. Pingback: Um novo olhar sobre Nova York « Hearts and Minds - agosto 6, 2012

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

E em 140 caracteres

%d blogueiros gostam disto: